Há a ideologia

... e há a militância. Depois há ideologia sem militância e deve haver militância sem ideologia: é a militância do óbvio.

E depois há quem pense que não há militância sem ideologia.

Mas há. Chama-se teimosia.

E é na simultaneidade destas duas coisas, a constatação do óbvio e existência da teimosia que se desenlaça o nó fundamental.

É que não há mesmo forma de distorcer as coisas pois o mundo é a totalidade dos factos, não das coisas.

E é determinado por eles.

E identificar um facto não custa nada, é óbvio porque está mesmo à nossa frente.

Resta-nos a teimosia para desbravar os factos no espaço lógico e construir o mundo.

P.S.

O primeiro parágrafo tem a autoria do João Ribeiro.

Criado/Created: 06-07-2018 [10:34]

Última actualização/Last updated: 24-06-2020 [09:15]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo